Oscilador de Chaikin (CHO)

Por |2018-09-03T10:34:58+00:0031 de agosto de 2018|

O Oscilador de Chaikin (CHO) leva esse nome por ter sido desenvolvido por Marc Chainkin.

Marc Chaikin levou em conta outros indicadores de Análise Técnica para criar o seu oscilador: o momento da Linha de Acumulação / Distribuição (ADL) e a fórmula do MACD.

O Oscilador de Chaikin consiste da diferença entre uma média móvel exponencial de três dias da Linha de Distribuição / Acumulação e uma média móvel exponencial de dez dias da Linha de Distribuição / Acumulação.

Como outros indicadores de momento, o Oscilador de Chaikin utiliza alteração de momento para antecipar alterações de direção em preços de ativos. Para compreender plenamente esse indicador, sugerimos a leitura do artigo sobre o ADL.

Fórmula Matemática

O cálculo do CHO passa pelo cálculo do ADL. Assim, retomaremos o cálculo do ADL.

Existem três passos para o cálculo da Linha Acumulação/Distribuição:

  1. Calcular o Multiplicador de Fluxo de Dinheiro (Money Flow Multiplier) = [(Fechamento – Mínima) – (Máxima – Fechamento)] / (Máxima – Mínima).
  2. Multiplicar este valor pelo Volume para encontrar o Volume do Fluxo de Dinheiro =Multiplicador de Fluxo de Dinheiro (1) x Volume do Período.
  3. Criar o total acumulado de Fluxo de Dinheiro para a Linha Acumulação/Distribuição (ADL) =ADL anterior + Volume Acumulado Distribuído Atual

Em seguida, para obter o CHO, basta:

  1. CHO = [MME (3 dias) do ADL] – [MME (10 dias) do ADL] Em que MME é a Média Móvel Exponencial do ADL.

Interpretando e Utilizando o Oscilador de Chaikin (CHO)

O Oscilador de Chaikin flutua em uma escala entre valores positivos e negativos. De maneira geral, o indicador fica no campo positivo quando há forte pressão compradora e fica no campo negativo quando há pressão vendedora sobre o ativo.

A configuração mais utilizada pelos analistas para o Oscilador é de 20 períodos para o período lento e de 6 períodos para o período rápido. Utilizar períodos mais curtos pode gerar um oscilador mais sensível.

Observe na análise feita sobre BBAS3, como o CHO identifica pressão compradora e vendora e o viés de alta e de baixa decorrente desses movimentos:

 

Oscilador de Chaikin

Oscilador de Chaikin CHO

 

Identificando divergência com o Oscilador de Chaikin

Através de alterações no momento da empresa o Oscilador de Chaikin (CHO) também pode ser utilizado para identificar divergências altistas e baixista no preço dos ativos, que podem levar a reversões de tendências nos preços.

Uma divergência altista ocorre quando os preços de um ativo atingem novas mínimas e o CHO atinga uma mínima mais alta. Essa nova mínima indica a diminuição da pressão vendedora. De maneira equivalente, uma divergência baixista ocorre quando os preços atingem novos máximos e o CHO atinge novos mínimos.

No entanto, é importante aguardar um sinal mais consistente do Oscilador de Chaikin (como por exemplo, o indicador passar para o campo positivo ou negativo, a depender da divergência) para ter uma confirmação mais clara da divergência.

Observe na análise abaixo, feita no ativo CSNA3, uma divergência baixista identificada pelo Chaikin seguida de um rali de baixa no ativo:

 

CHO - Chaikin Oscilador

Oscilador de Chaikin CHO

 

E, no gráfico de ITUB3, uma divergência altista seguida de tendência de alta:

 

Oscilador de Chaikin CHO

Oscilador de Chaikin CHO

 

Conclusões

O Oscilador de Chaikin é um indicador elaborado com base na ADL. Com seu uso, é possível identificar sinais e reversões de tendência.

No entanto, já que sua elaboração se baseia em outro indicador, seus sinais podem gerar conclusões imperfeitas e trades imperfeitos. Assim, sempre se aconselha utiliza-lo em conjunto com outros indicadores de análise técnica.

Sugerimos que você comece já a testar seus conhecimento e a utilizar o Oscilador de Chaikin (CHO).

Acesse agora a Plataforma de Análise Gráfica do Bússola do Investidor e aprenda a usar esse e outros indicadores.

Bons Investimentos!

Veja também