Como Escolher Investimentos na Bolsa de Valores?

Por |2018-06-08T07:59:39+00:0017 de março de 2014|

investimentos bolsa valores

Outra coisa que aprendi como gestor de investimentos, foi como escolher investimentos na bolsa de valores.

O primeiro passo para montar uma carteira de investimentos, é avaliar o retorno potencial em relação ao risco dos ativos disponíveis na bolsa de valores.

Para isso é importante realizar diversos estudos como:

  • analise de risco
  • risco de liquidez
  • retorno sobre o benchmark
  • montagem de cenários

Análise de Risco

risco bolsa de valoresHá diversas formas de medir o risco de um investimento, e esta é uma etapa fundamental no processo de investir na bolsa de valores.

Atualmente as abordagens mais clássicas já estão amplamente difundidas entre os gestores de investimento profissionais. Entre elas estão:

  • VAR (value at risk),
  • Teste de Stress (stress test), 
  • Tracking Error
  • Volatilidade

Já algumas casas de investimentos buscam principalmente saber se o emissor do ativo tem um histórico de problemas de pagamento, ou se o investimentos escolhido tem algum passivo ambiental ou jurídico que possam comprometer o retorno dos valores investidos.

Perceba que isso não quer dizer que esse ativo “problema” deva ficar fora da sua carteira, mas a o retorno esperado deste ativo deve ser muito maior que a dos outros, para então compensar o risco envolvido. Sua alocação na carteira também deverá ser menor que os demais.

Risco de Liquidez

O risco de liquidez vem sendo um grande problema para alguns investimentos, e na maioria dos casos o investidor só percebe este risco quando já é tarde demais: entrou no ativo, mas não consegue sair dele.

Algumas operações com opções de futuros e de commodities tem essa característica. Por isso alguns fundos de investimentos necessitam ter uma carência longa para resgates ou cobram uma taxa de saída punitiva. Alguns fundos imobiliários e FIDCs de crédito, tambem apresentaram esse problema no passado recente. Daí a importancia de o pequeno investidor valorizar a liquidez dos investimentos como fundos imobiliários na Bovespa.

Novamente, não considere excluir esse ativo sem liquidez da sua carteira. O mais certo a fazer é determinar uma alocação pequena, menor que os outros ativos e estabelecer um retorno alvo superior.

Retorno Sobre o Benchmark

Outro ponto importante na escolha de um ativo é o seu retorno sobre um determinado benchmark, ou retorno padrão livre de risco. Explico melhor: voce deve comparar o seu investimento contra um investimento sem riscos, que seria uma alternativa ao seu investimento.

No caso do Brasil, o ativo que mais se usa como benchmark é o CDI, mas pode ser utilizada também a taxa de juros SELIC ou pra facilitar mais, a poupança.

Então quando for investir num ativo financeiro, tem que ser levado em conta que esse ativo deve superar a rentabilidade da poupança no mesmo período. Caso contrário fique na poupança.

Exemplo Prático

Pra facilitar a explicação, vamos considerar o CDI igual a SELIC e igual a poupança.

Ativos pós fixados:

Se o ativo analisado for de renda fixa, como um CDB de banco privado, por exemplo, normalmente a taxa do CDB ou LCI ou LF é indexada ao CDI, 103% do CDI. Nesse caso a análise recai sobre o emissor e o prazo do investimento.

Ativos Pré Fixados

No caso de um investimento com taxa pré-fixada, devemos analisar a curva de juros futuros, para ver se a taxa supera o que os agentes do mercado esperam do CDI.

Usando a curva de juros mostrada na imagem abaixo, podemos notar que para um papel com vencimento em 2 anos a taxa de juros futuros indica algo em torno de 8,40% aproximadamente. Portanto o CDB deverá ter uma taxa superior a essa para ser interessante.

Esta curva também mostra ao investidor que estamos passando por um período de ajustes na taxa de juros e na inflação, com a taxa crescente ao longo do tempo.

No gráfico abaixo temos a curva da taxa SELIC atual de 7,50% ao ano em marrom claro. Temos também a curva de juros do mercado futuro em azul e uma curva de juros com algumas projeções da subida de juros SELIC no curto prazo.

investimentos na bolsa de valores

Ativos de Renda Variável

Se o ativo analisado for de renda variável, temos que avaliar o potencial de alta do ativo em relação ao Ibovespa, por exemplo.

O Ibovespa é o índice da mais usado como comparação de carteiras de ações, porem nos últimos anos vem dividindo as atenções com outros indicadores de desempenho.

Montando Cenários de Investimentos na Bolsa de Valores

investimentos na bolsa de valoresUma boa consideração a fazer em renda variável é a montagem de possíveis cenários para os investimentos em bolsa de valores. Sendo que devemos ter no mínimo 2 opções: um cenário positivo e um cenário negativo.

Cenário Positivo

Um cenário positivo apresenta boas perspectivas para o cenário econômico brasileiro, induzindo o investidor a aceitar mais riscos.

O consumo crescente, os juros em queda, a inflação em queda, o emprego em alta, a confiança do consumidor em alta, são fatores que propiciam uma elevação nos investimentos na bolsa de valores e nos produtivos – financiando novos investimentos – reduzindo os recursos investidos em renda fixa e poupança.

Cenário Negativo

Um cenário negativo seria basicamente o oposto do cenário anterior, levando o investidor buscar alternativas com menos risco, menos voláteis, mais tradicionais, com algum nível de segurança.

Desenvolvido o cenário, temos que avaliar qual setor da economia terá um desempenho superior aos demais setores. Depois de avaliar o setor, temos que escolher a melhor empresa dentro desse setor para então fazermos o investimento.

Nas duas situações temos que considerar a possibilidade de uma avaliação errada do cenário de mercado, considerar que não tínhamos todas as informações para compor o cenário mais provável e que, portanto, nossas escolhas podem dar errado.

Nesse caso, temos que contar com a possibilidade de “stopar” a posição de investimento quando atingir um nível de prejuízo determinado anteriormente e voltar a avaliar outro ativo, pois com o retorno do investimento anterior, voce ainda tem recursos para novas tentativas.

Bons investimentos e lembre-se sempre de acompanhar o mercado por ferramentas de qualidade.

Veja também