6 Semelhanças Entre Fundos de Investimentos e Seu Prédio

Por |2018-06-08T07:58:57+00:0018 de julho de 2013|

Com as taxas de juros atuais, com poupança já não sendo investimento, e a Bovespa em baixa muitos investidores estão buscando novas alternativas de como investir dinheiro de modo rentável.

Uma sugestão que tenho ouvido muito é:

“Investir parte do dinheiro em fundos de investimento, já que contam com uma gestão profissional para rentabilizar seu dinheiro.”

Mas afinal de contas, será que você sabe mesmo o que são fundos de investimentos?

Fundos de Investimentos são como um prédio

fundos  de investimentosUma comparação que ajuda muita gente a entender como funcionam e o que são fundos de investimentos é pensar no condomínio de um prédio, onde temos sempre algumas figuras necessárias:

1# Condôminos
2# Objetivo Comum
3# Regulamento de Condomínio
4# Síndico
5# Administradora
6# Funcionários

Pela maneira como são estruturados os fundos de investimento, eles podem de fato serem considerados como condomínios e podemos encontrar figuras muito parecidas:

1# Condôminos = Cotistas

Os condôminos em um prédio são os proprietários do edifício, ou seja as pessoas que investiram seu dinheiro em um apartamento ou andar daquele imóvel.

Em um fundo de investimento, os condôminos são as pessoas que investiram dinheiro para comprar cotas daquele fundo. Portanto, quando você investe em um determinado fundo de investimento, está na realidade tornando-se um cotista daquele fundo.

Assim como em um prédio, o condomínio possui custos que devem ser pagos pelos proprietários. No caso dos fundos de investimento são as chamadas taxas, que são descontadas automaticamente do dinheiro que você investiu.

2# Objetivo Comum = Dinheiro

Em um edifício o condomínio é formado para garantir alguns benefícios às pessoas que o habitam, como segurança, manutenção, despesas administrativas, etc.

No caso de um fundo de investimento o condomínio também é formado em torno de objetivos comuns:

Ganhar Dinheiro: os cotistas querem fazer seu patrimônio crescer por meio dos investimento

Segurança: os cotistas querem garantir que seu dinheiro está seguro e que não corre riscos além dos já conhecidos

Despesas Administrativas: os cotistas dividem os custos que seriam altos para uma única pessoa e assim têm acesso a benefícios que não teriam se investissem sozinhos

3# Regulamento de Condomínio = Regulamento Fundo

O regulamento estabelece os deveres e direitos de cada um dos condôminos. No caso dos fundos de investimento isso é feito por meio do regulamento do fundo.

No regulamento estão especificados todos os detalhes do fundo como taxas, quem são as partes envolvidas, os objetivos e uma série de informações extremamente importantes de se saber antes de investir.

Assim como a grande maioria dos moradores de um prédio, os investidores não têm o hábito de ler este importante documento antes de investir. Muitas vezes isso não resulta em nenhum problema e fica tudo certo, mas as vezes esses investidores têm surpresas bastante desagradáveis…

Não seja preguiçoso! Já que vai colocar seu dinheiro em um fundo, leia o regulamento antes. O gestor do fundo é obrigado a distribuir este documento se você solicitar.

DICA: Você também pode encontrar o regulamento e outros documentos relevantes de Fundo de Investimento nesta área do Site da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

4# Síndico = Gestor

o que são fundos de investimentosEm um edifício é o síndico que manda. Claro que ele deve seguir o regulamento sempre e buscar o bem comum, já que é contratado pelo condomínio para realizar estes serviços, mas o poder de decisão em diversos aspectos cabe a ele.

Nos fundos de investimentos esse papel cabe ao gestor.

É o gestor do fundo que determina quando, como e onde o dinheiro será investido (respeitando as condições do regulamento do fundo). Em contrapartida os cotistas pagam ao gestor para que ele realize este trabalho. É a chamada Taxa de Administração, descontada diretamente no dinheiro investido.

Como as taxas de administração variam bastante é importante que você sempre analise a rentabilidade líquida de um fundo de investimento, ou seja, o quanto o fundo rendeu, já descontando as despesas com as taxas de administração.

Do mesmo jeito que os moradores podem eleger um novo síndico caso estejam descontentes com o atual, os cotistas também podem se juntar para escolher um novo gestor. No entanto, como na prática isso é bastante burocrático, o mais fácil é resgatar suas cotas e ir investir em outro fundo.

5# Administradora = Administradora

Em geral os edifícios possuem também uma empresa administradora, que cuida das burocracias envolvendo funcionários, contabilidade, etc.

Nos fundos de investimento isso também ocorre. Existe uma empresa contratada, também chamada de administradora que cuida de toda a parte administrativa do fundo de investimento.

6# Funcionários = Empresas Contratadas

Em um prédio temos outros funcionários além do síndico, já que é preciso cuidar da entrada e saída de pessoas, é preciso limpar, etc.

No fundo de investimento isso também acontece, mas em vez de pessoas são empresas contratadas para realizar outras tarefas necessárias para o bom funcionamento do fundo.

Já que o processo é um pouco mais complexo que no seu prédio, existem diversas outras empresas envolvidas. Temos

  • Instituição Custodiante: faz a custódia de suas cotas
  • Auditora: faz auditoria das contas do fundo
  • Distribuidora: distribui as cotas do fundo de investimento

Conclusão

Embora os fundos de investimento não sejam todos iguais, a maneira como estão organizados são bastante semelhantes, seja fundos de ações, fundos imobiliários ou qualquer outro. Isso acontece por que esta estrutura garante mais transparência e controle sobre o fundo de investimento, protegendo tanto os cotistas quanto as outras partes envolvidas.

É importante que você entenda que embora as semelhanças com o condomínio de um edifício sejam muitas, as diferenças também são, principalmente em termos de controle entre as duas.

Diferente dos prédios, os fundos de investimento devem ser aprovados pelas instituições reguladoras antes que cocem a funcionar e existe uma ampla quantidade de controles para garantir que nada de irregular seja feito.

Espero que com este exemplo tenha ficado claro o que são fundos de investimentos, mas se ainda tiver alguma dúvida, basta escrever nos comentários abaixo que vou responde-la!

Veja também