É Hora de Aprender Mais Sobre Renda Fixa

Por |2018-06-08T07:59:46+00:009 de outubro de 2014|

Este artigo é um oferecimento da Órama Investimentos, que acaba de lançar o eBook gratuito “Renda Fixa de A a Z”. Faça o download aqui.

Não precisa ser um investidor muito atendo às notícias para perceber que os últimos anos não foram fáceis. Entre crises, conflitos econômicos, quedas da bolsa e eleições, decidir onde colocar o seu dinheiro tornou-se uma tarefa bastante complicada.

Em momentos como este é natural que a boa e velha renda fixa acabe chamando a atenção de quem quer ter uma rentabilidade garantida e um pouco de tranquilidade, o que está difícil de encontrar na bolsa de valores.

No entanto, só na hora que chega o momento de investir em renda fixa que muitos investidores percebem que ainda sabem muito pouco ou nada sobre o assunto, ou, pior ainda, acabam investindo tudo na poupança

 O Mundo da Renda Fixa

Se você conhece um pouco sobre investimentos renda fixa, já ouviu dizer sobre títulos prefixados, títulos pós-fixados e títulos indexados a algum indicador econômico, como o CDI, por exemplo.

Cada uma destas categorias possui suas vantagens de acordo com o momento em que a taxa básica de juros da economia, a Selic, encontra-se. Atualmente, com a taxa de juros em 11% ao ano e com a Bovespa apresentando um resultado bastante volátil, a renda fixa é uma opção bastante indicada. Não é à toa que renda fixa tem sido que a categoria que os investidores têm mais aplicado no ano.

No vídeo abaixo a consultora de investimentos Sandra Blanco explica um pouco sobre a importância da renda fixa:

Investimentos Pós Fixados

Como explicado no eBook “Renda Fixa de A a Z”, os títulos pós-fixados são aqueles em que a taxa de remuneração é firmada no momento da aplicação, porém o rendimento do investimento será conhecido somente na data de vencimento.

Investimentos em Renda Fixa

fonte: eBook “Renda Fixa de A a Z” – Órama Investimentos

Investimentos Pré Fixados

O eBook também fala sobre os títulos prefixados, que são aqueles cujo rendimento e valor de resgate são conhecidos no momento da aplicação.

Renda Fixa Pre Fixado

fonte: eBook “Renda Fixa de A a Z” – Órama Investimentos

Mas em Qual Produto de Renda Fixa Devo Aplicar?

Uma vez que você entendeu a diferença entre um rendimento pré e pós, chegou o momento de pensar qual o tipo de investimento é mais interessante para você. E quanto a isso você pode ficar tranquilo, existem inúmeras opções de investimentos em renda fixa, que atendem aos diferentes perfis de investidores e objetivos.

Portanto, antes de sair olhando o que cada investimento oferece, é importante pensar no que você está buscando. Vamos ver alguns critérios que você deve considerar antes de escolher a renda fixa ideal para você:

Investir sozinho ou contar com gestão profissional?

Você tem tempo e conhecimento para ficar administrando seu dinheiro e acompanhando o mercado? Caso tenha, investir diretamente comprando títulos pode ser uma opção para você. No entanto, é mais provável que você prefira dedicar seu tempo a outras coisas e neste caso investir por meio de um fundo de investimento em renda fixa é uma boa ideia.

Investindo em fundos você conta com o conhecimento e trabalho de profissionais focados e especializados na gestão de investimentos. Eles se dedicam a analisar o mercado em busca das melhores oportunidades de investimento, sempre levando em conta o fator risco x retorno.

Existem muitos fundos de renda fixa que apresentam um desempenho excelente ao longo dos anos. Fique atendo apenas ao retorno que o fundo se dispõe a entregar e a taxa de administração que você paga por isso. Fundos de renda fixa passivos, ou seja, que seguem um indicador, como o CDI, devem cobrar taxas até 1% ao ano. Não aceite pagar mais do que isso.

Quais riscos você está disposto a correr?

Os riscos variam muito de acordo com o investimento que você escolher, portanto é importante que você tenha claro até que ponto está disposto a aceitar um retorno maior, em troca de eventuais perdas no curto e médio prazos.

Apesar da renda fixa ser muito mais segura do que a renda variável (o FGC garante seus investimentos em até R$ 250.000 em caso de quebra da instituição emissora para aplicações em LCI, LCA e poupança, por exemplo) ainda existem uma séries de fatores que você deve considerar, como o movimento dos juros e risco de crédito.

Hora de Escolher

Existem diversos produtos de renda fixa, como títulos públicos, títulos privados, poupança e fundos de renda fixa. Ter conhecimento sobre esses produtos é o primeiro passo para alcançar o sucesso nos seus investimentos, pois só com conhecimento é possível saber qual é a melhor opção para seu perfil e objetivos. Por isso recomendo a leitura do eBook gratuito “Renda Fixa de A a Z”, um conteúdo de qualidade, didático e muito fácil de ler.

No eBook você encontra uma tabela muito prática com o resumo dos principais investimentos de renda fixa disponíveis no mercado.

Boa leitura!

Veja também