Como Ajustar o Histórico de Preços de Ações?

Por |2018-06-08T07:58:58+00:0030 de julho de 2013|

Todo investidor depende de informações para tomar boas decisões de investimento. E entre todas as informações, o histórico de preços de uma ação está entre as mais importantes, especialmente para os investidores que utilizam análise técnica para investir.

No entanto, o que muitos investidores não sabem é que existem históricos que não devem ser utilizados em análises por não conterem os ajustes necessários e consequentemente passarem informações falsas! Vamos entender o que são e como ajustar os preços históricos de uma ação.

Mas o que é um histórico ajustado?

historico de precosVamos imaginar que uma ação sofreu um desdobramento de 2 para 1. Ou seja uma ação que valia R$ 80, agora são 2 ações que valem R$ 40.

Isso resultaria em uma súbita quebra no gráfico, de modo que um investidor que não soubesse do ocorrido, teria a impressão de que o preço da ação desvalorizou 50% de um dia para o outro! No entanto, isso não seria verdade, já que a empresa continuaria valendo o mesmo valor.

Note também que sem o devido ajuste, não seria correto utilizar este histórico de preços para fazer análises para esta ação, já que os valores não condizem com a realidade atual.

Qualquer indicador de análise técnica daria falsos sinais de venda, devido a uma forte queda nos preços, porém sem que isso tenha acontecido de fato.

Para impedir que essas falhas aconteçam em nossos gráficos, sempre que ocorre um evento deste tipo, o histórico de preços deve ser devidamente ajustado.

Ajustando para desdobramentos e agrupamentos

Em um desdobramento 2 para 1 por exemplo, os preços históricos (antes deste evento) são divididos por 2, enquanto o Volume é multiplicado por 2. Deste modo que as barras antes da divisão alcancem suavemente as barras pós divisão.

Esta lógica vale também para os ajustes por agrupamentos, porém de maneira inversa: multiplica-se o preço e divide-se o volume.

Ajustando para dividendos e Juros (JSC)

O ajuste de pagamento de dividendos  e juros sobre capital próprio também é realizado.

Apesar de os gaps em geral serem bem menores, estes também resultam em sinais falsos. Deste modo, garantimos que os movimentos vistos em nossos gráficos são causados somente por forças de Mercado, que são justamente os movimentos que a análise técnica e a análise fundamentalista desejam identificar.

Para ajustar os preços históricos para dividendos e juros sobre capital próprio, basta multiplica-los por um fator calculado após as ações pagarem os dividendos:

  1. O valor do dividendo é subtraído do valor do dia anterior,
  2. O resultado é dividido pelo preço do dia anterior
  3. Os preços históricos são multiplicados por este fator

Exemplo:

Uma ação valendo R$ 40, paga R$ 2,00 em dividendos e por isso, no início do dia seguinte a ação abre valendo R$ 38. A menos que os preços anteriores sejam ajustados, o gráfico mostrará um gap de R$ 2,00.

Para calcular o fator de ajuste, basta subtrair R$ 2 de R$ 40, e dividir o resultado (R$ 38) por $ 40. Resultando em 0,95. Então todos os preços anteriores são multiplicados por 0.95, tornando-os compatíveis com o valor atual.

Note que no caso de desdobramentos, o fator de ajuste é calculado dividindo o número inicial de ações pelo número final No caso de um 2 para cada 1, teremos os preços multiplicados por 0,5 (1/2).

Limitações do histórico ajustado

Enquanto estes ajustes são fundamentais para análises, eles podem levar a algumas confusões por parte dos investidores em algumas circunstâncias:

  • Preço ajustados não podem ser utilizado para determinar o preço absoluto de compra e venda de uma ação em uma data passada.
  • Estes históricos estão diferente dos históricos não ajustados em outras fontes.
  • Ajustes podem alterar os valores de pontos de reversão passados.

Como são os históricos no Bússola?

Aqui no Bússola do Investidor todos os históricos de preços são ajustados para remover os falsos gaps gerados por desdobramentos, agrupamentos, dividendos, juros e outras distribuições.

Estes ajustes são importantes pois permitem que os investidores realizem análises, garantindo o melhor software de análise gráfica possível.

Você pode acessar todos os históricos ajustados, com mais de 10 anos de todos os ativos negociados na Bovespa: ações, opções, fundos imobiliários, ETFs e até os índices Bovespa.

Caso tenha alguma dúvida, basta escreve-la nos comentários abaixo, será um prazer responder!

Veja também