5 Sinais de Que Uma Empresa Está Falindo

Por |2018-06-08T07:59:57+00:0026 de março de 2015|

Na bolsa de valores, saber escolher as empresas que têm potencial é tão importante quanto saber descobrir qual empresa está falindo. Além de obviamente evitar comprar ações destas empresas, você também pode apostar contra elas, ficando short (comprando opções de venda) nas ações desta companhia e lucrando com a queda de preço.

sinais empresa falindo

No entanto, apesar de ser muito fácil identificar algumas empresas que não estão indo bem, as não tão fáceis de identificar são as que trazem os maiores lucros para quem aposta contra.

O objetivo desse artigo é apresentar 5 ferramentas para que você possa medir se uma empresa está entrando em dificuldades financeiras.

1. Empresa Não Está Gerando Caixa

Muita gente não sabe, mas mesmo uma empresa que reporta altos lucros em seu balanço pode estar com dificuldades financeiras.

Isso porque uma coisa é o lucro calculado no período, outra é a quantidade de caixa líquido que a empresa gerou. Em outras palavras, na maioria das vezes lucro não é igual a quantidade de dinheiro que entrou na empresa durante aquele período.

Isso porque a maioria das empresas realiza vendas a prazo, e apesar do lucro ter sido referente as vendas de um trimestre, o pagamento pela mercadoria pode vir somente nos próximos trimestres.

Um exemplo:

A empresa X reportou R$ 5 milhões de lucro no 1º trimestre, mas obteve somente R$ 1 milhão de caixa líquido neste mesmo período, já que os outros R$ 4 milhões são de vendas a prazo, que serão pagas ao longo do ano.

Agora imagine que a empresa precisou de R$ 3 milhões para pagar os custos das mercadorias vendidas no trimestre. Neste caso a empresa teve que se endividar em R$ 2 milhões para poder honrar estas contas.

Então mesmo tendo um lucro milionário, no final das contas esta empresa teve que se endividar para poder continuar co suas operações.

empresa esta falindo

É normal que eventualmente uma empresa passe por esta situação, afinal pode ser algo temporário até que as vendas terminem de ser pagas e todo o dinheiro entre no caixa da empresa, porém caso isso torne-se uma rotina no balanço da empresa por vários trimestres seguidos, é um péssimo sinal!

Para entender quanto a empresa está gerando de caixa líquido em cada trimestre, procure pelo Demonstrativo de Fluxo de Caixa no balanço da empresa. Todas as empresas listadas na bolsa são obrigadas a reportar estas informações trimestralmente.

Procure entender:

  • Quanto a empresa tem em caixa este ano versus o ano anterior.
  • Qual o histórico do fluxo de caixa líquido gerado nos últimos anos.

2. Empresa Não Consegue Nem Pagar os Juros

É normal e até saudável que todas as empresas tenham dívidas, no entanto é fundamental que a empresa gere dinheiro o suficiente para pagar ao menos os juros de sua dívida. Caso contrário contrário o saldo devedor começa a aumentar mês após mês, podendo fugir do controle e levar a empresa a falência.

Um exemplo:

Imagine que a empresa tenha uma dívida de R$ 100 milhões e que os juros sejam de 1% ao mês. Para que esta dívida não fuja de controle, o mínimo que a empresa precise gerar de caixa é os R$ 1 milhão referente aos juros mensais da dívida.

Todas as empresas reportam quanto gastam com juros em seu Demonstrativo de Resultados. O que queremos ver aqui é uma empresa saudável que gere mais caixa do que é gasto com juros, caso contrário, é um mal sinal.

O indicador de Liquidez Corrente (Current Ratio) tem como objetivo determinar se a empresa pode cumprir com suas obrigações de  curto prazo. Ele é calculado dividindo o total de Ativos Correntes pelo total de Passivo Corrente.

Liquidez Corrente = Ativo Corrente / Passivo Corrente

Um resultado maior que 1 indica que a empresa tem boas condições de honrar com suas dívidas de curto prazo. No entanto, um indicador inferior a 1 mostra que a empresa pode ter problemas financeiros no futuro próximo.

3. Empresa Trocou de Auditores

Todas as empresas listadas na bolsa são obrigadas a terem seus balanços auditados por empresas independentes que confirmam a validade dos dados divulgados. Após feita a auditoria (validação das contas) os auditores emitem um parecer dizendo o que acharam dos dados apresentados.

empresa falindo

É normal que de tempos em tempos (5 em 5 anos, por exemplo) as empresa troquem de auditores. No entanto, uma troca súbita sem uma boa margem de aviso prévio aos investidores, é um sinal de que a empresa pode estar praticando manipulações em suas demonstrações financeiras para parecer mais saudável do que está.

Também é um mal sinal caso a empresa de auditoria manifeste alguma preocupação com a validade dos dados apresentados pela empresa. Todos estes cenários são consequência de uma empresa que está mal financeiramente e está tentando manipular suas demonstrações financeiras para enganar os investidores.

Apesar de parecer algo inusitado de acontecer, recentemente pudemos observar esta pratica nas contas da Petrobrás, antes mesmo de todo o escândalo ser revelado.

4. Empresa Reduziu o Pagamento de Dividendos

Também é normal que ocasionalmente as empresas reduzam o valor dos dividendos pagos aos seus acionistas, porém as causas deste acontecimento precisam sempre serem investigadas.

No melhor dos casos, a empresa está precisando de caixa para investir em um novo projeto ou realizar uma aquisição para expandir ainda mais seus negócios. No entanto, também pode estar ocorrendo algum dos itens abaixo:

a. Redução da margem de lucro nos produtos da empresa.

b. Relação Dividendos / Preço muito alta se comparada aos competidores.

c. Fluxo de caixa negativo

5. Gestores Estão Abandonando a Empresa

empresa falindo

Quando uma empresa está enfrentando tempos difíceis, é comum que pessoas do alto escalão de gestão (como diretores e presidentes) resolvam “buscar novos desafios” e saiam da empresa. Com isso muitas pessoas que estavam mais abaixo hierarquicamente são promovidas.

Lembre-se que as empresas são geridas por pessoas como eu e você, e que em tempos difíceis muitas acabam preferindo garantir um emprego do que salvar a companhia.

Hora de investir!

Agora que você já conhece técnicas para identificar as empresas que não estão prosperando, a melhor maneira de aprender é coloca-las em prática. Acesse aqui o Guia de Empresas do Bússola do Investidor e procure por empresas que estão dando sinais de más condições financeiras.

E se achar que ficou faltando algo, escreva nos comentários aqui em baixo!

Veja também