ABC do Investidor: Tire todas as suas dúvidas aqui

Confira os termos do dicionário do investidor, conteúdo especializado para quem quer saber tudo sobre as expressões que fazem parte desse mercado

Consórcio

Consórcio é uma invenção brasileira do início dos anos 60, decorrente da carência de instituições financeiras empenhadas na concessão de financeiamentos para aquisição de bens, aliada  à necessidade das indústrias recentemente instaladas escoarem sua produção.

Consórcio é uma reunião de pessoas, físicas ou jurídicas, em grupo fechado, promovida por administradora de consórcios, com a finalidade de acumular poupança, por meio de autofinanciamento, para adquirir bens, móveis ou imóveis, ou serviços turísticos. Periodicamente, os consorciados contribuem para a formação de poupança, que se destina a contemplá-los com créditos que podem ser utilizados na aquisição de bem ou serviço turístico indicado em contrato.

As atividades de consórcio são, desde 1991, regulamentadas pelo CMN e pelo BACEN.  O Conselho Monetário Nacional é o órgão deliberativo máximo do Sistema de Consórcios, podendo restringir limites e modalidades das operações de consórcio, disciplinar as operações ou proibir lançamentos, bem como exigir garantias ou formação de reservas técnicas, fundos especiais e provisões. O Banco Central, por sua vez, é a autoridade competente para os assuntos relativos ao Sistema, auando como órgão regulador e fiscalizador do exercício da atividade de administração de grupos de consórcios.