ABC do Investidor: Tire todas as suas dúvidas aqui

Confira os termos do dicionário do investidor, conteúdo especializado para quem quer saber tudo sobre as expressões que fazem parte desse mercado

Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI)

Calculado pela Fundação Getulio Vargas, é o índice mais tradicional e, durante anos, representou a inflação oficial do Brasil. É um dos principais índices utilizados para reajuste de preços de contratos e no estudo da valorização ou desvalorização patrimonial ao longo do tempo. O IGP-DI é composto pelo Índice de Preços por Atacado (IPA), com peso de 60%; pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) medido no Rio de Janeiro e em São Paulo, com participação de 30%; e pelo Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), com peso de 10%. O conceito de Disponibilidade Interna (DI) refere-se à produção nacional e às importações, excluindo-se as exportações. O IPA não é regionalizado. O IPC é calculado nas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo; e o INCC compreende informações de 19 capitais (Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Maceió, Manaus, Porto Alegre, Recife, Salvador, São Paulo, Aracaju, Vitória, Cuiabá e São Luís). Atualmente (2013) a inflação não é mais medida oficialmente por esse índice, mas sim pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo IBGE.