ABC do Investidor: Tire todas as suas dúvidas aqui

Confira os termos do dicionário do investidor, conteúdo especializado para quem quer saber tudo sobre as expressões que fazem parte desse mercado

Factoring

factoring constitui-se basicamente uma modalidade de assistência financeira no curto prazo (recursos para giro), direcionada para micro, pequenas e médias empresas.

factoring, denominado no Brasil como atividade de fomento comercial ou faturização, destina-se basicamente a negociar os créditos (valores a receber) de curto prazo das empresas produtoras. Na realidade, essa atividade procura oferecer melhor liquidez às empresas carentes de recursos para giro, pela transformação dos valores a receber (realizável) em caixa.

Uma das mais importantes características de uma operação de factoring consiste na transferência, juntamente com os valores a receber, dos riscos inerentes a esses ativos. Dessa forma, além de reforçar a liquidez imediata de seus clientes, a casa de factoring absorve o risco pelo recebimento desses valores realizáveis.

Ao contrário de uma operação de desconto bancário, conforme descrita anteriormente, a atividade de fomento comercial não constitui uma operação de crédito. É considerada, efetivamente, uma transferência (cessão) plena dos créditos do cliente para o factor , isto é, uma aquisição definitiva dos valores a receber, inclusive do risco de pagamento desses ativos realizáveis.

Uma importante economia que pode advir dessa operação para a empresa produtora cliente refere-se aos gastos inerentes à instalação e ao funcionamento de um departamento de crédito e cobrança, os quais passam a ser de responsabilidade financeira de factoring.

As principais despesas que envolvem uma operação de factoring podem ser descritas da seguinte forma:

(1) Comissão de factoring
(2) Juros por antecipações
(3) Reserva e caução