Gráficos com Análise Técnica Grátis!  Agora o Bússola do Investidor tem gráficos Interativos com Cotações em Tempo Real.   Acesse já!

X
   Adicionar aos favoritos      RSS                           Novo por aqui? Cadastre-se ou faça seu login. 
 
Cadastre-se  |  Faça seu login  |  Planos
ESPECIAIS

Ibovespa nos 58 mil pontos. E agora?


Por Carlos Alberto Debastiani em sexta-feira, 28 de agosto de 2009 - 00:00
Envie por email  Imprima  RSS Feed RSS

Novamente nos deparamos com a região dos 58.000 pontos do Ibovespa. Temos, nesse patamar de pontos, uma marca crucial para a evolução do índice da Bolsa de Valores de São Paulo. 

Se olharmos para o seu passado, no longo prazo, veremos que a região em torno dos 58.000 pontos já foi testada muitas vezes, ora como suporte, ora como resistência.

Tivemos toques com reversões, nesse patamar, em novembro e dezembro de 2007. No decorrer de janeiro de 2008 esse suporte foi perdido, mas o índice retomou sua força logo em seguida e, no final desse mesmo mês, voltou a ultrapassar os 58.000 pontos. No início de fevereiro de 2008 produziu um pull-back que confirmava essa linha de suporte. Em março e julho de 2008, mais dois toques confirmaram a região como um bom suporte.

No início de agosto, sob forte pressão da crise financeira internacional, o suporte dos 58.000 foi finalmente rompido, dando continuidade à forte queda que o índice apresentou durante todo o segundo semestre de 2008.

Todos esses fatos fazem dele (o patamar dos 58.000 pontos) uma resistência de peso no curso de alta que o índice apresenta agora, um ano depois. Nos últimos dois meses já assistimos à ruptura de outro importante patamar de resistência: o dos 53.000 pontos, onde também foi produzido um pull-back de confirmação.

A boa notícia é que a linha dos 53.000 foi efetivamente vencida e provavelmente formou um sólido suporte, de forma que não esperamos patamares inferiores a isso, ao menos no médio prazo.

Sob esse aspecto, minha interpretação sobre o momento do mercado é otimista. Apesar do vigor da resistência marcada ao redor dos 58.000, ela deve ser rompida cedo ou tarde. A recuperação apresentada pelo índice Ibovespa em 2009 foi impressionante, muito mais rápida do que previam os mais experientes analistas de mercado. Diante do cenário financeiro internacional extremamente deteriorado que presenciamos no final do ano passado, havia expectativas de que o mercado acionário brasileiro levasse de 3 ou 4 anos para se recuperar. Eu mesmo esperava um ano de 2009 muito mais apático e cauteloso. Ao contrário, assistimos alguns rallyes impressionantes, com ganhos fabulosos que pareciam ignorar a insistente crise mundial. Essa postura do mercado mostra que os fundamentos de nossa economia continuam sólidos, o que inspira confiança nos investidores.

Parte dessa impressionante recuperação se deve à desvalorização exagerada que ocorreu em alguns papéis de boas empresas que, por estarem muito baratos, rapidamente fomentaram nova temporada de compras.

De qualquer forma, a estação dos 58.000 pontos parece ser uma das últimas escalas de peso (devemos ter outra, na faixa dos 66.000) na viagem de retorno aos 70.000, que pode ocorrer ainda este ano.

Anote... e confira em dezembro!
 

Comentários dos Leitores
Enviado por trigger em 30/8/2009 16:47:22 :
Voce espera para quando essa realizacão para os 53 mil pontos? Na minha opiniao pararia perto dos 55 mil, nao sei se voltaria tanto assim..
Enviado por Carlos.Debastiani em 2/9/2009 20:42:41 :
Bem, a realização já começou. Os últimos dias foram de queda. Ainda não dá para dizer se vai chegar aos 53000. Aos 55000 já está chegando, hoje passou bem perto.
A PETR4 começou a realização antes e agora parece que já está retomando. Se continuar subindo, vai escorar o IBOV e aí não chega nos 53000.
Neste mês ainda temos a possibilidade de receber mais um rating elevando o mercado a grau de investimento. Isso pode mudar tudo e levantar o índice.
Pelo menos é o que esperamos...
Envie seu Comentário
Somente usuários registrados podem enviar comentários.

Faça seu
login ou cadastre-se agora mesmo.

Este relatório ou artigo não representa necessariamente a opinião do site, tem como único propósito fornecer informações e no constitui ou deve ser interpretado como uma oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro. O Bússola do Investidor nem o autor do artigo no declaram ou garantem, de forma expressa ou implícita, a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações. Este artigo se baseia em informações públicas sobre cujas veracidade e qualidade não temos responsabilidade.
 

Mais Lidas
Enquete
 
  
Mercados  |  Empresas  |  Corretoras  |  Calculadora de IR  |  Fórum  |  Central de Ajuda  |  Contato
Siga-nos:     


Copyright © 2007-2017 Bússola do Investidor.
Ao utilizar o site, você concorda com os Termos de Uso.
Cotações Bovespa com 15 minutos de atraso.
Todas as opiniões aqui exibidas são de responsabilidade de seus próprios autores e poderão ser retiradas a qualquer momento sem aviso prévio.
Apesar de todo o cuidado na coleta dos dados apresentados, não nos responsabilizamos pela exatidão das informações contidas neste site.
 
IP-0A5BA1C4 10.91.161.196- 28/07/2017 11:45:38