Gráficos com Análise Técnica Grátis!  Agora o Bússola do Investidor tem gráficos Interativos com Cotações em Tempo Real.   Acesse já!

X
   Adicionar aos favoritos       RSS                            Novo por aqui? Cadastre-se ou faça seu login. 
 
Cadastre-se   |  Faça seu login   |  Planos
ESPECIAIS

Dicas para economizar no supermercado


Por O Pequeno Investidor em quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 - 13:43
Envie por email  Imprima  RSS Feed RSS

 Não há como fugir das compras periódicas no supermercado. Então, se não é possível evitá-las, é perfeitamente possível economizar um pouquinho adotando certas práticas que tornam o processo mais eficiente, fazendo com que se evite certas armadilhas para o seu bolso. No fim das contas, pode até sobrar um dinheirinho extra para você investir...

Quantas vezes você não foi ao supermercado pensando em gastar R$ 100 e acabou gastando R$ 150 ou R$ 200, porque acabou levando pra casa um item ou outro de que você não precisava? Mas por que isso aconteceu? Não se engane: um supermercado não é apenas uma grande loja em que você pode pegar o que quiser para depois pagar. Tudo nele é projetado para otimizar o valor gasto por cada consumidor - ou seja, para espremer até o último centavo possível. Inevitavelmente, todos já caímos (e provavelmente cairemos) em algumas das armadilhas preparadas para que isso acontecesse, mas tomar consciência delas é importante para que se possa evitá-las e acabar consumindo algo inconscientemente.

Vamos às principais armadilhas que você pode enfrentar em um supermercado:

* Ambiente - o ambiente em um supermercado é meticulosamente preparado para que você se sinta confortável e não sinta o tempo passar. Na maioria dos estabelecimentos, não há relógios ou janelas para o mundo externo, e não faz nem muito calor ou frio. Tudo isso decorre de planejamento para que você permaneça por lá o máximo tempo possível. Sem relógios ou janelas, os consumidores perdem a noção do tempo. Com um clima relativamente agradável, se sentem bem o suficiente para não querer sentir urgência para sair do supermercado.

* Promotores de produtos - essa talvez seja a mais óbvia e direta estratégia de tentar induzir o consumidor a levar para casa algo que não deseje. Os promotores de produtos preparam a amostra de um produto - café, churrasco, bolos, etc. - para que os consumidores experimentem gratuitamente. Muitos acabam levando o produto para casa sem que tenham previamente planejado.

* Produtos de primeira necessidade ficam distantes da entrada do estabelecimento - você já reparou como os produtos de que você mais necessita normalmente ficam longe da entrada? A padaria e o açougue ficam bem no fundo. O material de limpeza, nas últimas seções do estabelecimento. Isso acontece para que o consumidor tenha que passar, antes de chegar a essas seções, pelas prateleiras de vários outros produtos que não havia planejado adquirir anteriormente.

* Cuidado com as falsas promoções - Você já reparou que, às vezes, os supermercados disponibilizam produtos estão em vitrines de promoção distantes dos lugares em que normalmente aqueles produtos específicos deveriam estar localizados? Por exemplo: disponibilizar uma vitrine com um achocolatado em pó específico perto dos produtos de limpeza (e não próximo à seção de alimentos). Por que isso acontece? Para evitar que o consumidor compare o preço específico daquele achocolatado com o de outra marca, induzindo-o a levar aquele específico. Na maioria dos casos, vale à pena ir à seção específica e fazer a comparação.

* Localização dos produtos nas prateleiras - É projetada para estimular o consumo de determinadas marcas.  Muitas vezes, o supermercado tem acordos especiais com determinados fornecedores, o que o faz divulgar melhor seus produtos. Uma maneira de fazer isso sem ser ostensivo é disponibilizar os produtos em lugares mais acessíveis nas prateleiras. Os supermercados normalmente disponibilizam os produtos que desejam promover nos níveis intermediários das prateleiras, nem muito acima da vista de uma pessoa de altura média, nem muito abaixo, de modo que aqueles produtos sejam os primeiros produtos a serem vistos. Como nem todo mundo tem o hábito de pesquisar os produtos similares, esses produtos acabam sendo mais comprados, por pura comodidade.

* Itens que ficam na fila dos caixas - chilchetes, chocolates, revistas, refrigerantes, entre outros. Todos estes itens ficam ali a disposição do cliente, pedindo para serem comprados enquanto ele espera na fila. Não caia nessa! Na maioria dos casos esses são os produtos que estão mais caros do que em outros lugares, como lojas especializadas em doces e bancas de revista.

Portanto, fique ciente desses aspectos para evitar ser traído por eles. Não deixe nunca de pesquisar pelos produtos mais baratos e de qualidade: infelizmente, é a única forma de evitar ser traído pela maneira como o supermercado é se planejando. 

Hábitos úteis para gastar menos no supermercado

Certos hábitos ajudam a economizar mais nas compras ao supermercado. Veja algumas dicas que podem ajudar a tornar seu gasto mais eficiente:

* Planejamento - não deixe de planejar as contas com supermercado. Faça a lista de compras com os itens realmente necessários e atenha-se a ela. Para elaborá-la, é importante administrar a quantidade de produtos de limpeza e de alimentos que é realmente necessária no seu dia a dia, a fim de evitar desperdícios.

* Não vá ao supermercado com fome - fazer compras com fome é prejudicial por duas razões. Em primeiro lugar, você estará predisposto a se alimentar no próprio supermercado, gastando mais do que pretendia. Em segundo lugar, você poderá adquirir produtos alimentícios de que não necessita apenas por estar com fome, por impulso.

* Não faça compras com crianças pequenas - embora seja interessante ir às compras com crianças pequenas periodicamente, até com o intuito de ajudar na educação financeira delas, não faça disso um hábito regular. Muitas vezes, elas acabam implorando por itens desnecessários e os pais acabam se deixando levar pelos pedidos dos "anjinhos". Quem nunca viu aquela criança de 4 ou 5 anos chorando, implorando pelo chocolatezinho que viu na fila do caixa - e que foi colocado ali de propósito, para estimular esse desejo no último momento em que o consumidor estará no estabelecimento?

* Faça compras menores e regularmente - muitos brasileiros ainda permanecem com o hábito de fazer compras "de mês", onde compram produtos demais com o objetivo de que eles durem pelos próximos 30 dias. Foi uma prática não apenas útil, mas rigorosamente necessária, nos anos de inflação galopante que vivemos até o Plano Real. Comprar o suficiente para 30 dias (e além) era garantia de menores gastos, graças à inflação. Mas, numa economia em que a inflação é mais estável, como a que temos hoje, essa prática pode levar a gastos ainda maiores. Afinal, inevitavelmente todos têm que passar no mercado pelo menos uma vez por semana, nem que seja para comprar produtos mais perecíveis, como verduras e legumes. Além disso, comprar para prazos muito longos pode levar ao desperdício, já que alguns dos produtos que não forem consumidos no prazo podem simplesmente perder a validade. O ideal, então, é fazer compras semanalmente ou a cada quinze dias.

* Se o produto tem refil, utilize-o - alguns produtos de limpeza têm refil. Ou seja, você adquire o produto completo primeiro e, depois, apenas compra o conteúdo dele, sem a embalagem. Normalmente, a diferença de preço é relativamente alta, o que torna preferível a aquisição do refil.

 

 


Este relatório ou artigo não representa necessariamente a opinião do site, tem como único propósito fornecer informações e no constitui ou deve ser interpretado como uma oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro. O Bússola do Investidor nem o autor do artigo no declaram ou garantem, de forma expressa ou implícita, a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações. Este artigo se baseia em informações públicas sobre cujas veracidade e qualidade não temos responsabilidade.
 
Conteúdo


Mais Lidas
Enquete
 
  
Mercados  |  Empresas  |  Corretoras  |  Calculadora de IR  |  Fórum  |  Central de Ajuda  |  Contato
Siga-nos:     


Copyright © 2007- 2017 Bússola do Investidor.
Ao utilizar o site, você concorda com os Termos de Uso .
Cotações Bovespa com 15 minutos de atraso. Clique aqui para ver cotações em tempo real em todo o site.
Todas as opiniões aqui exibidas são de responsabilidade de seus próprios autores e poderão ser retiradas a qualquer momento sem aviso prévio.
Apesar de todo o cuidado na coleta dos dados apresentados, não nos responsabilizamos pela exatidão das informações contidas neste site.