5 dicas para investir melhor o seu dinheiro

Por |2018-11-08T15:38:32+00:008 de novembro de 2018|

Débora Duarte e Bernardo Pascowitch, do Yubb

Sair da poupança e começar a investir é um passo muito importante. Se você já fez isso e agora é um investidor, parabéns! Mas nem sempre é fácil manter o dinheiro bem investido, né? Muitas pessoas dão o primeiro passo, mas sentem dificuldade de continuar investindo e dar os próximos passos para ganhar mais dinheiro.

Para quem já é investidor experiente, isso pode até parecer bobagem. Para quem está começando, algumas dicas são como minas de ouro. Falar com os amigos e familiares é uma prática que ajuda muito, mas que às vezes não é suficiente para “virar a chave” e te tornar um grande investidor de sucesso.

É por isso que o Yubb, seu buscador de investimentos online e gratuito, está aqui no Bússola do Investidor. O post de hoje vai te trazer 5 dicas imperdíveis para você investir melhor o seu dinheiro. Depois desse texto, com certeza você vai sair mais motivado para economizar e continuar investindo.

1. Tenha uma reserva de emergência

Já ouviu falar na reserva de emergência? É uma quantia de dinheiro que você separa apenas para usar em imprevistos. Algumas pessoas separam de 6 a 12 salários, mas isso vai depender de quanto você acha necessário guardar. Para você investir melhor, é necessário ter uma reserva de emergência.

O objetivo da reserva é te trazer mais tranquilidade na vida financeira. Como fazer para deixar seu dinheiro em investimentos com liquidez no vencimento (que só podem ser resgatados no prazo final) se você corre o risco de precisar daquele valor a qualquer momento? Como correr mais riscos para ganhar mais se pode acontecer uma emergência?

É para isso que serve essa reserva. Separar a quantia necessária vai levar alguns meses, talvez até anos, mas tenha paciência porque vai valer a pena! Se acontecer qualquer imprevisto (perda de emprego, emergência de saúde, etc), você terá aquele dinheiro à mão. Depois de ter essa grana “guardada” em um investimento com liquidez diária (Tesouro SELIC ou CDB), aí sim você pode investir o resto de seu patrimônio com mais tranquilidade.

2. Saia da zona de conforto

Quando você começou a investir, o que te motivou? Um vídeo que assistiu? Um texto que leu? Um amigo que te aconselhou? Algo te deu um “estalo” para dar o primeiro passo . Essa motivação é muito importante, mas ela precisa ser renovada todos os dias. Se você colocou as suas economias em um Tesouro SELIC, ótimo! Mas você não vai investir nesse título pelo resto da vida, né?

Para ser um bom investidor, é necessário sair de sua zona de conforto. Estude sobre investimentos, veja vídeos, leia textos, conheça novos produtos, faça buscas pelo Yubb…Enfim, entre de cabeça nesse mundo das finanças pessoais e dos investimentos.

Parece complicado e dá preguiça, né? Nós te entendemos! Mas, depois que você começar a pesquisar mais sobre o assunto, é natural se interessar mais e procurar novas opções. Se você está acostumado com o Tesouro SELIC, por exemplo, não compre esse título de novo. Vá em um CDB com liquidez diária de um banco para conhecer. Respire novos ares e conheça novas rentabilidades e tipos de investimento para ganhar cada vez mais.

3.Entenda as garantias

Normalmente, quando alguém começa a investir, pensa muito em segurança. Isso é muito correto, porque não há sentido nenhum em se aventurar em algo que ainda não conhece e ainda correr risco de perder dinheiro. Não adianta sair comprando bitcoin só porque você viu uma matéria sobre isso no jornal, por exemplo.

Para investir cada vez melhor, você precisa entender que todos os investimentos têm riscos, mas que também existem opções bem seguras. Investiu no Tesouro SELIC porque seu amigo indicou? Legal! Mas qual é a garantia de que você vai receber o rendimento na data estipulada?

O Tesouro Direto, por exemplo, é garantido pelo próprio governo federal e, por isso, tem os títulos mais seguros do Brasil. CDB, LCI, LCA, RDB, LC e outros investimentos privados são garantidos pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Já os fundos não têm nenhuma garantia. E assim por diante.  Entender os riscos e as garantias da sua aplicação é um passo muito importante para se familiarizar com novos investimentos e sair da zona de conforto como falamos na dica #2 acima.

4.Diversifique o portfólio

Diversificar os investimentos significa não colocar todo o seu patrimônio em um único lugar. Isso é muito importante para minimizar riscos e aumentar a rentabilidade. E aposto que você quer ganhar mais dinheiro de uma forma mais segura, né?

Para fazer essa diversificação, você precisa definir qual é o seu perfil-investidor e quais são os seus objetivos financeiros. Dessa forma, você consegue decidir qual percentual do seu patrimônio vai para renda fixa e qual percentual vai para renda variável.

Quando isso estiver definido, basta alocar o dinheiro em diferentes ativos (ativos = produtos de investimento). Dessa forma, se um dos ativos estiver rendendo pouco (ou até mesmo se a instituição quebrar), é só uma parte de seu dinheiro que está lá. E, é claro, você também consegue encontrar diversas rentabilidades em diferentes ativos e maximizar os seus ganhos. É aquela velha história: não vale a pena colocar todos os ovos na mesma cesta, seja por questão de segurança, seja por questão de rentabilidade. Pense nisso!

5. Tenha disciplina

Como nós dissemos ali em cima, o objetivo deste texto é que você se sinta motivado para continuar economizando e investindo. É muito mais simples sair gastando todo o dinheiro sem pensar no futuro, mas isso não te trará nenhum resultado — na verdade, o único resultado será fazer com que seus sonhos e objetivos de vida fiquem cada vez mais distantes! Então a última dica não poderia ser outra: tenha disciplina!

Um bom investidor é aquele que economiza todos os meses para investir. É claro que alguns meses são mais complicados do que outros, mas o importante é ter uma vida financeira controlada, organizada e regrada para que você consiga fazer um planejamento mensal para investir todos os meses (nem que seja investir poucos reais por mês).

Para realizar os seus objetivos financeiros, é preciso de disciplina. De nada adianta dar o primeiro passo, fazer o primeiro investimento e depois esquecer todo o processo. Siga estudando, conhecendo novas opções (lembra da dica #2?), economizando onde der e investindo para sempre ganhar mais dinheiro.

 

Agora queremos saber de você! Gostou das nossas dicas? Já usa alguma delas ou vai passar a usar? Deixe aqui embaixo nos comentários 😉

Débora Duarte
Débora é produtora de conteúdo no Yubb e formada em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Bernardo Pascowitch
Bernardo é fundador e CEO do Yubb, buscador de investimentos totalmente gratuito para qualquer pessoa encontrar opções para aplicar melhor seu dinheiro. Bernardo é formado em direito pela Universidade de São Paulo (USP).

Veja também