Gráficos com Análise Técnica Grátis!  Agora o Bússola do Investidor tem gráficos Interativos com Cotações em Tempo Real.   Acesse já!

   Adicionar aos favoritos      RSS                           Novo por aqui? Cadastre-se ou faça seu login. 
 
Cadastre-se | Faça seu login | Planos
ARTIGOS

G20 afirma que proteger investimentos é crucial para recuperação


Por Último Instante em sexta-feira, 20 de abril de 2012 - 18:45
Envie por email  Imprima  RSS Feed RSS

20 de abril de 2012 - Os ministros de Finanças e presidentes dos bancos centrais do Grupo dos Vinte (G20, bloco que reúne os países ricos e os principais emergentes) convocaram todos os membros do grupo a proteger os investimentos como elemento crucial para a recuperação da economia.

No comunicado final da reunião realizada nesta sexta-feira em Washington, o G20 reitera o compromisso de todos de evitar o protecionismo.

As duas exigências aludem ao litígio originado pela desapropriação do grupo espanhol Repsol da companhia petrolífera YPF, por parte do governo argentino, segundo explicou em entrevista coletiva o ministro de Economia espanhol, Luis de Guindos.

O ministro espanhol destacou que tinha colocado a questão da desapropriação de YPF durante o jantar ontem à noite que reuniu os representantes das 20 maiores economias do mundo.

A frase fala por si mesma, disse De Guindos, em referência ao parágrafo da declaração final onde se recolhem as inquietações espanholas.

Segundo o ministro, o sentimento geral é de apoio ao governo espanhol e que as medidas tomadas pela Argentina são negativas e prejudicam não apenas à economia global e do país sul-americano, mas à sua população.

Por sua parte, o secretário de Fazenda do México, José Antonio Meade, presidente em exercício do G20 ministerial, confirmou que o grupo mantém seu compromisso com o livre-comércio e a luta contra o protecionismo.

Especificou, no entanto, que o grupo é um fórum para buscar consensos e coordenar políticas, e não para disputas bilaterais.

No segundo parágrafo do comunicado adotado em Washington, o G20 constata que a recuperação da economia global continua sendo modesta e as expectativas de crescimento para 2012 moderadas.

A este respeito, os membros do grupo reiteram sua vontade de reduzir os riscos atuais.

Em um contexto de alto desemprego e endividamento em muitos países continua sendo um elemento central de nossos compromissos apoiar o crescimento e a criação de emprego, as reformas estruturais, a restauração da sustentabilidade fiscal a médio prazo e a promoção do reequilíbrio global, ressalta a nota.

Além disso, acrescenta o comunicado, a proteção dos investimentos resulta crucial para a recuperação global e, de acordo com o mandato dado por nossos líderes em Cannes, reafirmamos nosso compromisso de evitar o protecionismo.

(Redação com agência EFE - www.ultimoinstante.com.br)


Este relatório ou artigo não representa necessariamente a opinião do site, tem como único propósito fornecer informações e no constitui ou deve ser interpretado como uma oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro. O Bússola do Investidor nem o autor do artigo no declaram ou garantem, de forma expressa ou implícita, a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações. Este artigo se baseia em informações públicas sobre cujas veracidade e qualidade não temos responsabilidade.
 
Fornecido por


Mais Lidas
Enquete
 
  
Mercados  |  Empresas  |  Corretoras  |  Calculadora de IR  |  Fórum  |  Central de Ajuda  |  Contato
Siga-nos:     


Copyright © 2007-2014 Bússola do Investidor.
Ao utilizar o site, você concorda com os Termos de Uso.
Cotações Bovespa com 15 minutos de atraso. Clique aqui para ver cotações em tempo real em todo o site.
Todas as opiniões aqui exibidas são de responsabilidade de seus próprios autores e poderão ser retiradas a qualquer momento sem aviso prévio.
Apesar de todo o cuidado na coleta dos dados apresentados, não nos responsabilizamos pela exatidão das informações contidas neste site.
 
IP-0A9AC736 10.154.199.54- 24/07/2014 20:00:59