Gráficos com Análise Técnica Grátis!  Agora o Bússola do Investidor tem gráficos Interativos com Cotações em Tempo Real.   Acesse já!

   Adicionar aos favoritos      RSS                           Novo por aqui? Cadastre-se ou faça seu login. 
 
Cadastre-se | Faça seu login | Planos
ARTIGOS

Brasil e Mauritânia firmam cinco acordos de cooperação técnica


Por Último Instante em quinta-feira, 26 de abril de 2012 - 10:38
Envie por email  Imprima  RSS Feed RSS

26 de abril de 2012 – Na última etapa da visita à África, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, assinou hoje cinco acordos com o chanceler da Mauritânia, Hamadi Ould Hamadi. Foi a primeira visita de um ministro brasileiro à região. Nos acordos, o Brasil se compromete a cooperar tecnicamente nas áreas de agricultura e aquicultura. Foi criada a Comissão Mista Brasil-Mauritânia e suspensa a obrigatoriedade de vistos diplomáticos, oficiais e para atividades profissionais.

Antes da Mauritânia, Patriota foi à Tunísia e à Etiópia. Na conversa com o chanceler Hamadi, Patriota recebeu informações sobre a intenção de fortalecer o bloco regional denominado Magreb (Marrocos, Sahara Ocidental, Argélia, Tunísia, Mauritânia e a Líbia), a exemplo do que ocorre com o Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai).

Para Hamadi, é possível incrementar o comércio e as oportunidades de investimento nas duas regiões. Ontem (25), Patriota ouviu afirmação semelhante do ministro dos Negócios Estrangeiros da Tunísia, Rafik Abdessalem. A ambos, o chanceler brasileiro reiterou o desejo do Brasil de ampliar as parcerias nas áreas de defesa e educação envolvendo países da África.

Na véspera da chegada de Patriota à Mauritânia ontem, o Ministério das Relações Exteriores informou que  o governo brasileiro comunicou ao Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), em Genebra, na Suíça, a decisão de doar US$ 300 mil à Mauritânia.

De acorco com as autoridades brasileiras, a ideia é utilizar esses recursos para apoiar os refugiados do Mali que estão na Mauritânia. Desde fevereiro último, cerca de 60 mil cidadãos do Mali buscam refúgio em território mauritano. A contribuição brasileira cobrirá parte dos custos de aquisição e instalação de novas barracas para abrigo de refugiados. O Mali vive longo período de instabilidade política.

(Agência Brasil)


Este relatório ou artigo não representa necessariamente a opinião do site, tem como único propósito fornecer informações e no constitui ou deve ser interpretado como uma oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro. O Bússola do Investidor nem o autor do artigo no declaram ou garantem, de forma expressa ou implícita, a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações. Este artigo se baseia em informações públicas sobre cujas veracidade e qualidade não temos responsabilidade.
 
Fornecido por


Mais Lidas
Enquete
 
  
Mercados  |  Empresas  |  Corretoras  |  Calculadora de IR  |  Fórum  |  Central de Ajuda  |  Contato
Siga-nos:     


Copyright © 2007-2014 Bússola do Investidor.
Ao utilizar o site, você concorda com os Termos de Uso.
Cotações Bovespa com 15 minutos de atraso. Clique aqui para ver cotações em tempo real em todo o site.
Todas as opiniões aqui exibidas são de responsabilidade de seus próprios autores e poderão ser retiradas a qualquer momento sem aviso prévio.
Apesar de todo o cuidado na coleta dos dados apresentados, não nos responsabilizamos pela exatidão das informações contidas neste site.
 
IP-0A9AC736 10.154.199.54- 24/04/2014 07:09:34