Gráficos com Análise Técnica Grátis!  Agora o Bússola do Investidor tem gráficos Interativos com Cotações em Tempo Real.   Acesse já!

   Adicionar aos favoritos      RSS                           Novo por aqui? Cadastre-se ou faça seu login. 
 
Cadastre-se | Faça seu login | Planos
ARTIGOS

Amazon e confiança do consumidor puxam ganhos em Wall Street


Por Último Instante em sexta-feira, 27 de abril de 2012 - 18:17
Envie por email  Imprima  RSS Feed RSS

27 de abril de 2012 - Os principais índices acionários de Wall Street encerraram a jornada desta sexta-feira em alta pelo quarto dia consecutivo, refletindo a melhora no nível de confiança do consumidor, indicador que diminuiu a decepção com o fraco crescimento econômico divulgado nesta jornada.

Além deste fator, também pesou positivamente sobre o humor dos investidores o desempenho das ações da Amazon, que subiram 15,75% após a companhia reportar um forte crescimento nas vendas.

Perto do fechamento, o índice Dow Jones subia 0,18%, aos 13,228 pontos; o S&P 500 avançava 0,24% para 1.403 pontos; e a bolsa eletrônica Nasdaq tinha alta de 0,61%, aos 3.069 pontos.

Na agenda local, a confiança do consumidor subiu entre março e abril. A leitura do índice, medido pela Universidade de Michigan, avançou para 76,4 este mês, superior à leitura de 75,7 pontos do mês anterior.

O Produto Interno Bruto (PIB) nos Estados Unidos anualizado avançou 2,2% no primeiro trimestre do ano, de acordo com leitura preliminar divulgada nesta sexta-feira pelo Departamento do Comércio norte-americano.

No trimestre anterior, o PIB norte-americano avançou 3% (dado revisado).

No Velho Continente, o índice de preços das importações na Alemanha aumentou 3,1% em março em relação ao mesmo mês do ano anterior. De fevereiro a março, o índice subiu 0,7%, relatou nesta manhã o Escritório Federal de Estatísticas, Destatis.

Na base de comparação mensal, o dado veio abaixo do esperado pelo mercado, que era de aumento de 0,9% (previsão Forex Factory).

A confiança  do consumidor da Alemanha deve recuar em maio, informou o instituto GfK. O índice deve ficar em 5 pontos no mês que vem, resultado inferior ao visto em abril, que marcou 5,8 pontos. O dado veio abaixo da estimativa do mercado, de 5,9 pontos (projeção Forex Factory).

O indicador de clima geral de consumo do Gfk refere-se ao próximo mês, no entanto, o resultado dos três sub-índices corresponde ao mês corrente.

A confiança do consumidor no Reino Unido ficou em -31 pontos em abril, de acordo com dados divulgados pelo instituto de pesquisas GFK.

As perspectivas para a situação financeira nos últimos 12 meses caiu 2 pontos para -23, enquanto as perspectivas para a situação financeira nos próximos 12 meses recuou 4 pontos para -14.

O número de desempregados na Espanha aumentou em 365.900 pessoas no primeiro trimestre deste ano, chegando a 5.639.500, o que representa um índice médio de 24,44% da população ativa e um novo recorde.

Segundo a Enquete de População Ativa (EPA) publicada nesta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no primeiro trimestre do ano a ocupação diminuiu em 374.300 pessoas, a 17.433.200 trabalhadores, com uma taxa de atividade de 59,94%.

O número de famílias espanholas com todos seus membros desempregados foi de 1.728.400, 153.400 mais que no trimestre anterior.

Fora da agenda econômica, a agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou nesta quinta-feira em dois degraus a nota da dívida soberana da Espanha, situando-a em BBB+ com perspectiva negativa, o que atribuiu ao volume de dívida do país enquanto sua economia sofre retração.

Pensamos que os riscos estão aumentando em relação à sua situação fiscal e flexibilidade, assim como à carga de sua dívida soberana, disse a agência em nota oficial.

A S&P justificou essa perda da nota A que a Espanha tinha até agora pela deterioração da trajetória do déficit fiscal do país e o aumento das possibilidades de que o governo precise oferecer maiores ajudas fiscais ao setor bancário.

(RS com agências internacionais - www.ultimoinstante.com.br)


Este relatório ou artigo não representa necessariamente a opinião do site, tem como único propósito fornecer informações e no constitui ou deve ser interpretado como uma oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro. O Bússola do Investidor nem o autor do artigo no declaram ou garantem, de forma expressa ou implícita, a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações. Este artigo se baseia em informações públicas sobre cujas veracidade e qualidade não temos responsabilidade.
 
Fornecido por


Mais Lidas
Enquete
 
  
Mercados  |  Empresas  |  Corretoras  |  Calculadora de IR  |  Fórum  |  Central de Ajuda  |  Contato
Siga-nos:     


Copyright © 2007-2014 Bússola do Investidor.
Ao utilizar o site, você concorda com os Termos de Uso.
Cotações Bovespa com 15 minutos de atraso. Clique aqui para ver cotações em tempo real em todo o site.
Todas as opiniões aqui exibidas são de responsabilidade de seus próprios autores e poderão ser retiradas a qualquer momento sem aviso prévio.
Apesar de todo o cuidado na coleta dos dados apresentados, não nos responsabilizamos pela exatidão das informações contidas neste site.
 
IP-0A9AC736 10.154.199.54- 19/04/2014 06:24:37